As caraibeiras e a rota da fé de Canindé do São Francisco/SE

Por Cláudio André, publicado em 19 de outubro de 2021

Quem disse que no sertão não tem cores? Nesse período da primavera as caraibeiras, lindas e frondosas árvores revelam-se com tanta beleza… Esse é meu sertão…
A caatinga e o cruzeiro. A simbologia do sertanejo está por todas as partes. Viajando pelo semiárido nordestino vão encontrando manifestações desse tipo.
O riacho que corta grotões no meio da caatinga faz toda diferença… Essa é famosa mata ciliar que margeando os rios e córregos espalhados por esse mundão.
A rota da Caatinga que margeia os estados de Alagoas e Sergipe tem esse cenários típicos ideais para a produção de filmes e séries nordestinas.
Esse antigo cemitério localizado dentro da vegetação de caatinga, a poucos metros da rodovia SE-230, hoje não tem mais nenhuma cadáver enterrado, pois todos os restos mortais foram transferidos para o cemitério novo a partir que a cidade de Canindé de São Francisco se formou na década de 50.
A caatinga é lugar certo para os sertanejos manifestarem sua fé ao Criador. Esse cruzeiro está na roda da Fé em uma serra que margeia o rio São Francisco no sertão sergipano.
Por esse ângulo vemos o rio São Francisco e no horizonte a ponte da divisa dos estados de AL/SE. A ponte da divisa tem 306 metros de comprimento e fica após a hidrelétrica de Xingó, inaugurada na época do presidente Fernando Henrique Cardoso.
Essa região do sertão que compreende Sergipe e Alagoas, está inserida na bacia hidrográfica do Rio São Francisco e nela encontra-se a Usina hidroelétrica de Xingó. Além do São Francisco, o riacho Lajedinho e o rio Curituba drenam a região
A história do município de Canindé, está vinculada ao morgado de Porto da Folha. A princípio chama-se Canindé, depois Curituba para denominar-se, finalmente, Canindé do São Francisco pela Lei nº 890 de 11 de janeiro de 1958.
O território teve sua penetração através do rio Curituba em 1629, para atender ao espírito de cobiça das bandeiras. No fim do século passado só havia quatro fazendas no território, quando Francisco Cardoso de Britto Chaves (Coronel Chico Porfírio) comprou ao capitão Luiz da Silva Tavares o referido morgado construindo nele a sede da fazenda e um curtume de couro em sociedade com o Coronel João Bernardes de Britto, chegando o mesmo a ser mecanizado, fato que contribuiu para formação do povoado
Essa é a rodovia SE-230 que faz ligação entre as cidades de Canindé do São Francisco/SE e Piranhas/AL. Essa imagem fizemos de cima da serra do Cruzeiro em Canindé.
Canindé fazia parte da sesmaria de 30 léguas de terras, concedidas aos Burgos – família da Bahia chefiada pelo desembargador Cristóvão Burgos e Contreiras – que lhes foi doada em 1629 pelo governador de Pernambuco, D. João de Souza. Essas mesmas terras pertenceram depois ao Morgado de Porto da Folha, instituído por Antônio Gomes Ferrão Castelo Branco. Na imagem acima está o primeiro cemitério construído no município. Mas está desativado desde o surgimento da cidade de Canindé.
Passando por esse cenário lembre da m´úsica da banda de forró Mastruz com Leite… “O cheiro de mato me seduz, o corpo fica todo arrepiado”… Esse é o sertão nordestino.
O sertão por mais que tenha sol, calor, tempo abafado, vegetação seca, cactos espinhosos, mas não deixa de ter beleza natural. Há plantas que nasceram para superar e colorir todos as estações do ano…
Não lugar mais saudável que um desse. Para chegar a esse local andamos 1 hora a pé e chegamos a uma atitude de 110 metros acima do nível do mar. O trecho todo cheio de cactos e solo arenoso e uma temperatura de 32 graus por volta das 9 horas da manhã. Ah, você quer saber se tinha sombra? Nã nã nin não não… Você já viu mandacaru da sombra e encosto?

Aguarde nossa próxima reportagem

Agradecimentos

O Poeta tem muito mais conteúdo em nosso canal no YouTube!

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas, formado em radiojornalismo, poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE), escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM e Rádio Web News Olho d'Água, criador do Projeto Música na Escola, ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura. Membro efetivo da FACUPIRA (Fundação Cultural de Palmeira dos Índios/AL), Ex-membro do Conselho Municipal de Saúde de Bom Conselho/PE. Colunista dos sites Tribuna do Sertão (P.dos Índios) e Tribuna do Agreste (Arapiraca) e 7 Segundos (Maceió). Ex-assessor de comunicação da Câmara de Vereadores de Bom Conselho/PE.

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

REDE BRASILEIRA DE BLOGUEIROS DE VIAGEM

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM