PARQUE ESTADUAL DE CANUDOS – A HISTÓRIA DA GUERRA MAIS SANGRENTA DO BRASIL

Por Cláudio André, publicado em 25 de janeiro de 2021

Publicidade

Viajar é uma verdadeira terapia e quando andamos em lugares que nunca visitamos é melhor ainda. Quando seguia pela BR-235, norte da Bahia, me deparei com a vista dessa formação rochosa no município de Brejo Grande, cidade minúscula mas com o rico potencial turístico, pois está cravada na região do Raso da Catarina.

Esculpida pela ação do intemperismo, as rochas sedimentares passam por transformações químicas e físicas. Encoberta por vegetação de caatinga, o morro de Brejo Grande é um atrativo turístico religioso.

A partir que fomos andando pela rodovia baiana, BR-235, a mesma que acesso as cidades de Juazeiro/BA e Petrolina/PE, fomos visualizando trechos de formações rochosas bastante intrigantes, pela situação do relevo e a típica vegetação de caatinga.

 

O Parque Estadual de Canudos é um parque localizado no município de Canudos, no estado brasileiro da Bahia, a 450 quilômetros de Salvador. Fundado em 1986, o parque é administrado pelo Centro de Estudos Euclydes da Cunha, órgão da Universidade do Estado da Bahia. O parque compreende uma área de preservação com 1.321 hectares.

Parque Estadual de Canudos (PEC) é essencial para quem gosta de história e quer conhecer de perto nosso passado republicano e a memória da Guerra de Canudos. Cruzar o portal do PEC é viajar nos relatos de Os Sertões, de Euclides da Cunha, e imaginar os seguidores de Antônio Conselheiro enfrentando o exército e a seca. É uma viagem ao século XIX.

No parque você se depara com um verdadeiro museu a céu aberto, em que os fantasmas da guerra e a natureza são os principais atores. O cenário de caatinga e aridez impressiona quem sai de grandes cidades e, principalmente, do litoral, onde a vegetação verde e a chuva são constantes. Lá, o tom alaranjado é marcante e o silêncio determina toda a história que aquelas terras foram testemunhas.

Só não vá esperando conhecer a Belo Monte de Antônio Conselheiro, com suas duas igrejas à margem do Rio Vaza Barris. Lembra as aulas de história? O local foi completamente destruído em 1897. Perto das ruínas, uma nova Canudos surgiu a partir de 1909, mas foi inundada em 1969, com a construção do Açude de Cocorobó. Em época de seca, quando o nível do reservatório baixa muito, a ruina da igreja da Canudos (pós guerra), do século 20, reaparece. Como fui agora em janeiro de 2021, deu pra se ver muito pouco da igreja.

A criação do parque estadual de Canudos foi decretada em 1986, mas a inauguração só ocorreu, de fato, em 1997, ano em que se celebrou o centenário da guerra de Canudos. Lá tem até as placas comemorativas.

Algumas paradas obrigatórias são o Vale da Morte (onde militares sepultavam seus mortos), o Vale da Degola (onde chefes expedicionários mandavam cortar pescoços de jagunços) e o Alto do Maio (ou do Maia ou do Mário), onde morreu o coronel Antônio Moreira César (1850-1897), comandante da terceira expedição, e de onde se tem uma bela vista de toda a região.

Apesar de usar o carro, preste atenção nos detalhes e olhe com atenção para onde pisa. Não se surpreenda se encontrar perdidos pelo chão, fragmentos de balas, fósseis de animais e outras reminiscências da guerra.

Como estamos falando de sertão, o local é muito quente. Por isso vá munido de protetor solar, chapéu e óculos escuros. O parque funciona diariamente, das 8h às 18h. O ideal é começar a visita mais cedo, assim evita-se o sol em sua intensidade máxima, mas não necessariamente o calor. Eu, preferi ir a pé!

Em 2013, o local recebeu uma nova exposição organizada pelo fotógrafo Claude Santos. A mostra impressiona e veio a somar toda a bela composição do cenário. As imagens são apresentadas em painéis em vidro de diversos tamanhos, que chegam até quatro metros de altura, com registros de inúmeros e renomados fotógrafos que retrataram a Guerra de Canudos, seus remanescentes e descendentes de conselheiristas. Além das fotos pode-se encontrar o mapa da região do conflito e gravuras com imagens sertanejas.

Umas cabanas foram colocadas para os visitantes pararem, tomarem água, descansar e seguirem o roteiro. Afinal, são 04 km e 600 metros até o último cenário as margens do açude de Cocorobó, onde está submersa o Arraial de Canudos.

Na chapada dos Equívocos, parei, depois de tomar bastante água para hidratar, fui ler um bom livro, que comprei logo na chegada do parque, afinal, ler faz bem, liberta.

Na próxima reportagem contarei sobre essa grande aventura de andar pelo parque estadual de Canudos… Aguardem!

O Poeta tem muito mais conteúdo em nosso canal no YouTube!

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas, formado em radiojornalismo, poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE), escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM e Rádio Web News Olho d'Água, criador do Projeto Música na Escola, ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura. Membro efetivo da FACUPIRA (Fundação Cultural de Palmeira dos Índios/AL), Ex-membro do Conselho Municipal de Saúde de Bom Conselho/PE. Colunista dos sites Tribuna do Sertão (P.dos Índios) e Tribuna do Agreste (Arapiraca) e 7 Segundos (Maceió). Ex-assessor de comunicação da Câmara de Vereadores de Bom Conselho/PE.

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

REDE BRASILEIRA DE BLOGUEIROS DE VIAGEM

ANUNCIE AGORA MESMO

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM

PUBLICIDADE