AS PINTURAS RUPESTRES DO SÍTIO ARQUEOLÓGICO MORRO DO ANGU EM ÁGUAS BELAS

Por Cláudio André, publicado em 31 de janeiro de 2020

Publicidade

O município de Águas Belas encontra-se inserido, geologicamente, na Província Borborema, em um dos seus povoados, existe um sítio arqueológico com pinturas rupestres que provavelmente foram feitas há mais de 12 mil anos. O sítio foi tombado em 2013 pelo IPHAN, reconhecendo como patrimônio histórico do município.

O relevo é geralmente movimentado, com vales profundos e estreitos dissecados. Com respeito à fertilidade dos solos é bastante variada, com certa predominância de média para alta. A área da unidade é recortada por rios perenes, porém de pequena vazão e o potencial de água subterrânea é baixo.

Crime Ambiental: Na área que fica o sítio arqueológico do Morro do Angu, deparamos com uma cena covarde e de partir coração. Graças a Deus as autoridades competentes enxergaram isso e puniram os responsáveis que detonaram várias rochas graníticas no intuito de fazer pedras de paralelepípedos e serem usadas em calçamentos.

Veja o tamanho da covardia e da ganância humana… O que a natureza levou anos para fazer, o homem com sua ignorância destrói do dia para a noite. Segundo moradores, as terras onde ficam essas rochas foram interditadas.

Esse bloco rochoso fica há 03 km do povoado de Garcia, zona rural de Águas Belas. Vejam o “arregaço”que fizeram nas rochas com dinamites. Mais rochas não foram detonadas por que a justiça bateu em cima e puniu quem autorizou, quem estava fazendo o serviço e proprietário da terra, segundo moradores do local.

O município de Águas Belas, está inserido na unidade geoambiental do Planalto da Borborema, formada por maciços e outeiros altos, com altitude variando entre 650 a 1.000 metros.

O clima é do tipo Tropical Chuvoso, com verão seco. A estação chuvosa se inicia em janeiro/fevereiro com término em setembro, podendo se adiantar até outubro. Nas Superfícies suave onduladas a onduladas, ocorrem os Planossolos, medianamente profundos, fortemente drenados, ácidos a moderadamente ácidos e fertilidade natural média e ainda os Podzólicos, que são profundos, textura argilosa, e fertilidade natural m édia a alta.

Por esses lados do município de Águas Belas, fomos informados que todos os cursos d’ água no município têm regime intermitente e o padrão de drenagem é o dendrítico. A formação rochosa torna-se num atrativo turístico rural.

Esse maciço rochoso e granítico esta num área de proteção ambiental. Quase todas rochas tem pinturas rupestres.

Há uma grupa muito bonita e que chama atenção pela sua geoforma. As rochas, umas escoradas nas outras deixam o cenário ainda mais bonito.

O Polígono das Secas apresenta um regime pluviométrico marcado por extrema irregularidade de chuvas, no tempo e no espaço. Nesse cenário, a escassez de água constitui um forte entrave ao desenvolvimento socioeconômico e, até mesmo, à subsistência da população.

Somente uma erosão no fundo mar há milhões de anos que deixou as rocha desse jeito. São rochas graníticas são ricas em minerais.

Entretanto, a carência de estudos de abrangência regional, fundamentais para a avaliação da ocorrência e da potencialidade desses recursos, reduz substancialmente as possibilidades de seu manejo, inviabilizando uma gestão eficiente. Para essa localização, água é um bicho!

Alguma força humana faria as rochas ficarem assim? Há um conjunto de rochas de vários tamanho e formatos num raio circular de 01 km. Misturadas a vegetação arbustiva de caatinga, esses blocos rochosos deixa o cenário ainda mais bonito. É bom ir conhecer!

O município de Águas Belas está localizado na mesorregião Agreste e na Microrregião Vale do Ipanema do Estado de Pernambuco, limitando-se a norte com Buíque e Pedra, a sul com Estado de Alagoas, a leste com Iati, e a oeste com Itaíba. A área municipal ocupa 883,9 km2.

Um lugar indescritível. Se de um lado tem as pinturas rupestres, por outro lado, a gente se encanta com o tamanho das rochas e a maneira que elas se colocaram.

O clima é do tipo Tropical Chuvoso, com verão seco. A estação chuvosa se inicia em janeiro/fevereiro com término em setembro, podendo se adiantar até outubro. Nas superfícies suave onduladas a onduladas, ocorrem os Planossolos, medianamente profundos, fortemente drenados, ácidos a moderadamente ácidos e fertilidade natural média e ainda os Podzólicos, que são profundos, textura argilosa, e fertilidade natural m édia a alta.

Enquanto documentava os atrativos do povoado de Garcia, apareceu um urubu sobrevoando e foi parar num galho. De cima ele ficou por um bom tempo “cherifando” seu habitat.

Aguardem a próxima reportagem!

AGRADECIMENTOS

O Poeta tem muito mais conteúdo em nosso canal no YouTube!

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas,formado em radiojornalismo, é poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE) e escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o Projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM, criador do Projeto Música na Escola e ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura.

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

MOURA CONTABILIDADE

REDE BRASILEIRA DE BLOGUEIROS DE VIAGEM

ANUNCIE AGORA MESMO

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM

PUBLICIDADE

LISTA TELEFÔNICA DO POETA