A HISTÓRIA, A CULTURA E O TURISMO AFLORADO EM CAICÓ/RN – TERRA DOS GRANDES TROVADORES

Por Cláudio André, publicado em 28 de outubro de 2019

Caicó é um município brasileiro pertencente ao estado do Rio Grande do Norte. Principal cidade da região do Seridó, localiza-se na zona central do estado, distante 282 km da capital estadual, Natal.

Foi ideia de Dom José Adelino construir o Arco do Triunfo, colocando no cimo uma réplica da venerável imagem da Virgem de Fátima. A construção se arrastou ao longo de quase cinco anos, sendo inaugurada com grande pompa aos 15 de agosto de 1958 (nesse ano era pároco de Sant’Ana o Côn. José Galvão), conforme consta a placa aposta no monumento para perpetuar a memória.

A construção do Arco do Triunfo foi uma resposta da Diocese a esse evento e contou com a adesão da população, que contribuiu para a realização da obra e se alegrou com a sua solene inauguração, debaixo do esplendor dos fogos de artifício e dos dobrados da banda de música, realçada com as bênçãos litúrgicas proferidas ainda em latim.

Após ser firmado o tratado de paz entre os luso-brasileiros e os Tarairius, indígenas que habitavam a região do Seridó – mesmo que as Guerras dos Bárbaros continuassem até a segunda década do século XVIII em vários locais – a diminuição do conflito no Queiquó (atual Caicó) tornou possível a construção da capela de Sant´Ana, fazendo com que a população cristã pudesse finalmente celebrar seu Deus e seus santos e santas.

A antiga capela erguida em 20 de setembro de 1695 pelo comandante e subordinados da Casa-Forte por intermédio do frei Antônio João do Amor Divino, paroquiano das tropas das Guarnições da Capela de Olinda-PE fez nascer ao seu redor em 1700 o Arraial do Queiquó. Possivelmente em suas proximidades o Coronel de Cavalaria Manuel Souza Forte, fazendeiro da região, presidiu a instalação do Arraial de Caicó, que no dia 07 de julho de 1735 foi elevado à condição de Povoação.

Caicó conta com um monumento desse tipo, com história um tanto quanto recente, mas que já é um dos símbolos da cidade: o Arco do Triunfo. Apesar de ser um simples monumento, ele porta uma história especial: foi erigido para comemorar a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima ocorrida aos 22 de novembro de 1953, quando D. José Adelino Dantas era bispo diocesano e quando era pároco de Sant’Ana o Mons. Walfredo Gurgel.

A Praça da Liberdade ou Praça Senador Dinarte Mariz localiza-se na parte antiga de Caicó, entre a igreja do Rosário e a matriz de Sant’Ana. Essa praça já passou por diversas mudanças, inclusive de nome.

Essa praça já passou por diversas mudanças, inclusive de nome. Estivemos visitando a biblioteca municipal e observamos como esse lugar é bem tratado. Além do grande acervo de livros históricos, há todo um cuidado por parte dos funcionários para com quem chega para visitar.

Não se sabe quais os motivos nem o ano do início da construção do templo. Interessante é que sua remodelação em 1864 – data que consta em seu frontispício (fachada principal) – teve a participação de Luiz Chermond, negro homeopata e zelador da Igreja do Rosário. O paralelo entre o afro-brasileiro e a devoção a Nossa Senhora do Rosário não é fortuita.

A 27 de dezembro de 1771, foi criada em Caicó a “Irmandade dos Negros do Rosário”, que até os dias de hoje comemora seus rituais – principalmente entre os dias 30 e 31 de outubro – com coreografia própria que utiliza lanças – ou espontões – simulando uma dança tribal, com tambores ritmados por batidas características e pífaros. Guarnecidos pelo “bandeira” – homem vigilante pelo andamento das evoluções – os integrantes do grupo apresentam-se itinerariamente por toda a cidade.

Os estatutos da Irmandade foram criados em 1773.

Com a instalação da freguesia da Gloriosa Senhora Sant’Ana do Seridó, em 26 de julho de 1748, os fregueses deliberaram sobre a escolha de um novo local para ser erigida a Matriz, conforme registrou na época o Padre Francisco Alves Maia, primeiro vigário da recém criada freguesia.

A primeira Corte, com 34 pessoas, era composta pelo “Rei Congo” Sebastião (provavelmente escravo, visto não ter sobrenome); “Rainha do Congo” Maria José das Neves; “Juiz” Afonso Ribeiro e “Escrivã” Maria Tereza.

No seu largo encontra-se a Praça do Rosário ou Praça Eduardo Gurgel (prefeito de Caicó em 1929, destituído com a Revolução de 30, cujo busto encontra-se na praça).

Interessante é que sua remodelação em 1864 – data que consta em seu frontispício (fachada principal) – teve a participação de Luiz Chermond, negro homeopata e zelador da Igreja do Rosário. Somente quem está de frente ou dentro dela, entenderá seus significados históricos.

O Museu do Seridó tem sua sede no prédio do antigo Senado da Câmara e Cadeia Pública da Vila do Príncipe, construção finalizada em 1812. O prédio apresenta planta retangular. Compõe-se de dois pavimentos: o superior destinava-se às reuniões da municipalidade; o inferior servia de cárcere. Uma típica construção para fins da administração das vilas coloniais. Todo acervo do museu, de significativo valor para a história regional, foi obtido através de doações feitas pelas famílias seridoenses. No dia que fomos visitar estava fechado com cara de abandonado.

O professor Marcelo Taveira, deu um show de simpatia e de palestra. Sempre muito bem atualizado, é um grande incentivador da cultura nordestina. Como grande educador, foi muito empolgante toda a sua fala, pois sabe mais do que ninguém que o turismo é um setor próspero desde que esteja nas mãos de empreendedores certos. Valeu professor, pela palestra. Parabéns.

Mais sobre:

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas,formado em radiojornalismo, é poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE) e escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o Projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM, criador do Projeto Música na Escola e ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura.

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

SEDUÇÃO CAMISARIA

MOURA CONTABILIDADE

LISTA TELEFÔNICA DO POETA

MALHARIA COLATINO

BIO FITNESS ACADEMIA

ANUNCIE AGORA MESMO

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM

Últimas