A BARRAGEM DO BÁLSAMO E A HISTÓRIA DO POVOADO DE QUEIMADAS

Por Cláudio André, publicado em 2 de setembro de 2019

O povoado de Queimadas fica na região sul do município de Bom Conselho e por lá a vegetação é praticamente de mata atlântica. Muitos cercado são puramente para a engorda do gado de corte.

Para onde você olhar vai encontrar muito verde. O lençol freático nessa região é muito rico. Há várias nascentes. Com a construção da Barragem do Bálsamo o hectare de terra ficou mais valorizado.

Esse é o início da Barragem do Bálsamo que está coberta por essa vegetação aquática, conhecida popularmente pelo nome de Baronesa.

Infelizmente esse tipo de panta aquática tem seus danos com a natureza, ou seja, ela consome muito OXIGÊNIO e quando o lago começa a secar ou baixar seu nível d’água, elas começam a morrer, provocando um mal cheiro terrível e solta GÁS CARBÔNICO, matando o que tiver de ser vivo por perto. A baronesa é uma planta daninha.

Fiz questão de fotografar por vários ângulos para mostrar o quanto é necessário uma limpeza nessa barragem que é administrada pelos estados de Alagoas e Pernambuco, já que ambos tem a ortoga para retirar água da barragem.

A baronesa é uma planta aquática com raízes longas, que se reproduz por sementes (podendo ficar dormentes por até 15 anos) e por brotações laterais. Sua reprodução ocorre de forma bastante rápida e em pouco tempo pode ocupar grandes espaços. Apesar de ser uma planta de sol pleno, sobrevive muito bem aonde tem sombra, até em jardins fechados.

Essa é a capela de São Sebastião do povoado de Queimadas, zona rural de Bom Conselho. A comunidade tem aproximadamente 600 moradores, juntando todos os sítios circunvizinhos. Mas na sede mesmo, residem em torno de 240 habitantes.

Conversando com o senhor Eliezer Colatino, um dos principais moradores do Povoado de Queimadas, conseguimos alguns dados históricos do povoado. Por volta do ano de 1850, chegaram os primeiros moradores do lugar da família Canuto. São 169 anos de fundação da comunidade de lavradores.

Quando acontece a festa do padroeiro São Sebastião, geralmente no início de cada ano, a capela é muito frequentada. O morador mais antigo das Queimadas é o senhor Antônio Minga, que aina é vivo deve ter seus 96 anos de idade. O nome QUEIMADAS se deu por que na época por ter muita mata, houve desmatamento para a introdução da agricultura pelos primeiros habitantes.

Rever bons amigos sempre é prazeroso. Conversar com o senhor Eliezer é você ter uma grande aula de história. Hoje, seu Eliezer, bancário aposentado, curti a natureza morando num lugar que tem um lençol freático muito rico e rodeado por vegetação de mata atlântica.

Essa é a vista que você tem da varanda da casa do senhor Eliezer Colatino da Barragem do Bálsamo… A barragem foi construída nos anos 2002/2003 e sangrou nos anos 2004, 2010 e 2017.

Muitos foram dos proprietários que tiveram suas terras inundadas, destacando-se Antonio Vitório, Fernando Medeiros, Eliezer Colatino, Fabrício Benjoino, Eneas Colatino, Genival Colatino, Antonio Gonçalo Canuto, Alfredo Cortes, Neno Leite e outros, totalizando 350,0 hectares de área inundada.

Antes da escavação para se formar na Barragem do Bálsamo, existia apenas uma nascente. Com a chegada desse reservatório d’água muito se prosperou a região, que anteriormente esquecida, ou seja, somente iria lá quem tivesse negócio…

Todos os proprietários foram indenizados com valores irrisórios. Para se ter um cálculo, quando as terras eram comercializadas a R$ 5.000,00 a indenização foi de R$  852,00, em média, a tarefa. Eliezer Colatino, Fabrício e Fernando Medeiros entraram com uma ação na justiça que ainda está tramitando.  Cerca de 70% da áreas da barragem está em Pernambuco. O espelho d’água corresponde a 300,0 hectares, aproximadamente.

Outro grande benefício da barragem foi a perenização do Rio Bálsamo, possibilitando o escoamento d’água na Cachoeira do Tamanduá (Antônio Vitório), durante todo ano.

Dentro da barragem está a pequena balsa que capita água para o reservatório da Compesa que abastece o município de Bom Conselho. Na verdade, os estados de Alagoas e Pernambuco tem ortoga para explorar esse manancial. Pelo menos 02 cidade de Alagoas (Minador do Negrão e Estrela de Alagoas) e Bom Conselho/PE, se utilizam da água do Bálsamo.

AGUARDEM A PRÓXIMA REPORTAGEM!

PATROCÍNIO

Mais sobre:

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas,formado em radiojornalismo, é poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE) e escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o Projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM, criador do Projeto Música na Escola e ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura.

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

SEDUÇÃO CAMISARIA

MOURA CONTABILIDADE

LISTA TELEFÔNICA DO POETA

MALHARIA COLATINO

BIO FITNESS ACADEMIA

ANUNCIE AGORA MESMO

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM

Últimas