A SECURA DA CACHOEIRA DO POÇO ESCURO DE BOM CONSELHO/PE

Por Cláudio André, publicado em 23 de julho de 2019

Dentro do Vale do Salgadinho tem essa igrejinha antiga, símbolo da fé do povo daquele lugar. Uma roça de milho no entorno da igrejinha e pelo menos duas serras deixam ainda mais o ambiente bucólico.

Na região do Salobrinho tem muitas casas abandonadas, muita gente foi embora, talvez pela falta de oportunidade, pelo esquecimento dos poderes…

Esse é um dos poços existente dentro do Riacho do Salgadinho, acúmulo d’água que sobra da principal correnteza. A variação de cores se explica pela composição e temperatura da água, a incidência de raios solares e materiais sólidos e orgânicos em suspensão, como algas, fragmentos de rochas e grãos de areia. “Se não houvesse a mistura de componentes químicos dissolvidos na água do mar, ela seria transparente como a água potável”.

Essa é a Cachoeira do Poço Escuro/Preto, que está praticamente sem água devido a escassez de chuva na região. O que choveu até o momento não é o suficiente para se transformar numa grande queda d’água, como anos atrás.

No percusso do riacho do Salgadinho há vários abrigos formados por rochas graníticas. A água que passa por baixo, quando empossada, serve de criatório de peixes… Águas amarronzadas estão, predominantemente presentes no litorais. Esse fenômeno ocorre devido à proximidade da costa marítima ou à quantidade significativa de material sólido em suspensão que, na maioria das vezes, são removidos com o movimento das ondas.

O local é propício para a construção de uma barragem subterrânea, se por ventura o poder público municipal tivesse interesse. Em outros estados esse tipo de reservatório d’água serve para que nos períodos de seca, o gado e a lavoura não sofra com a falta do precioso líquido.

Vejam que por essa correnteza há várias poças d’água, cada uma com uma cor diferente, tipo, verde, amarela, cinza, etc., resultado de microalgas e vegetações aquáticas, que se misturam com a água, resultando em uma cor esverdeada, como por exemplo.

O vale do Salgadinho que tem nas laterais paredões rochosos, no meio, há vegetação de caatinga e serve para o uso de plantio de feijão, milho, algodão ou até mesmo para pastagem para o gado.

Costões rochosos são ambientes costeiros localizados em rochas a beira mar. Eles existem por quase todo o litoral brasileiro, do Maranhão ao Rio Grande do Sul, mas são mais comuns em regiões onde há serras.

A flora localizada no Cânion do Salgadinho é exuberante. Imagine você morar num lugar assim. Acordar com o cheiro das flores, respirando ar puro.

Fazem parte destes ecossistemas (paredões rochosos), falésias e matacões, que são fragmentos de rocha em formato esférico. Na imagem, costão rochoso no Vale do Salgadinho, na zona rural de Bom Conselho, agreste meridional de Pernambuco.

Essas rochas graníticas estão na Grota da Jiboia. Quando chove muito nessa região, logo se transformar uma cachoeira, embelezando ainda mais o vale do Salgadinho.

Percebam na imagem que essa pequena floresta ainda pode ser reconhecida como uma reserva de caatinga, com resquício de vegetação de mata atlântica.

Há 03 anos passados, quando estive conhecendo a Cachoeira do Poço Escuro/Preto, presenciei uma linda queda d’água saindo das rochas sedimentares, quando retornei dias atrás, fotografei essa imagem… Daí percebemos que as chuvas reduziram muito nessa região de mata, no sul do município de Bom Conselho. A parte mais escura da água é onde está mais profunda, nos demais espaços, muitos sedimentos acumulado no pequeno espelho d’água.

Essa imagem é muito comum na região do sítio Salobrinho, zona rural de Bom Conselho. Sem perspetiva de melhoras, muita gente abandonou o roçado e a casa e foi tentar a sorte em outros rincões do País. Isso é sinônimo de desenvolvimento? É esse tipo de verdade que não faz bem aos ilusionistas da política local.

AGUARDEM A PRÓXIMA POSTAGEM!

APOIO CULTURAL

Mais sobre:

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas,formado em radiojornalismo, é poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE) e escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o Projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM, criador do Projeto Música na Escola e ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura.

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

SEDUÇÃO CAMISARIA

MOURA CONTABILIDADE

LISTA TELEFÔNICA DO POETA

MALHARIA COLATINO

BIO FITNESS ACADEMIA

ANUNCIE AGORA MESMO

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM

Últimas