A ROTA DA FÉ CRISTÃ DO MUNICÍPIO DE BREJÃO/PE

De Cláudio André, publicado em 8 de julho de 2019

Enquanto estávamos na serra da Pedra de Fogo em Brejão, pudemos fazer a imagem da linha reta deixada pelas turbinas de um avião que atravessava nossa região. O avião ainda é um dos transportes mais seguros do mundo.

Do alto da serra da Pedra de Fogo, há 849 metros de altitude, fiz essa imagem da PE-218 que fica entre os municípios de Brejão e Terezinha. Essa rodovia é uma das principais que liga o agreste meridional até a divisa com o estado de Alagoas.

Por esse ângulo podemos enxergar que não há mata fechada e a pouca vegetação de caatinga com resquício de mata atlântica fica perdida nos espaços abertos, provando o tamanho do desmatamento da região.

A rocha sedimentar existente nesse local tem característica de fundo de oceano. São rochas endurecidas e amoladas, que se não tiver cuidado qualquer descuido pode provocar algum tipo de incidente.

Gosto de ficar em ambientes que nos leva a meditação. Contemplar a obra do Criador não tem preço. Afinal, no cume dessa serra na zona rural de Brejão, há um ponto turístico religioso muito visitado na Semana Santa.

Rocha sedimentar é um tipo de rocha constituída de sedimentos, que são as inúmeras partículas de rocha, lama, matéria orgânica, podendo até mesmo possuir em sua composição restos corpóreos de vegetais e animais.

Quando toda esta matéria é transportada e acumulada em um determinado local, sofrendo ação da temperatura (frio ou calor), ocorre o fenômeno da diagênese ou litificação, ou seja, a transformação de sedimento em rocha.

Em dezembro de 1908 foi criado o distrito com a denominação de Brejão de Santa Cruz, pertencente ao município de Garanhuns. Em 1936, o nome foi alterado para Brejão. Foi constituído município autônomo em 1958. A capela de São Francisco fica no cume da serra de Pedra.

Apresenta como principal atrativo as suas muitas fazendas, onde, dentre as diversas atividades agropecuárias desenvolvidas, tem destaque o cultivo de café. Algumas dessas propriedades também estão voltadas para o turismo rural.

A importância econômica das rochas sedimentares deve ser destacada levando-se em conta a sua grande utilização principalmente na área da construção civil. Isso sem mencionar que tais rochas são as fontes de petróleo e hidrocarbonetos, de importância capital para a economia atual.

Ainda é necessário destacar a já mencionada importância de tais rochas nos estudos de paleontologia, pois são fontes riquíssimas de fósseis de antigos animais e plantas.

O município de Brejão localiza-se no Planalto da Borborema, cujo relevo é constituído por maciços e outeiros altos, com altitudes entre 650 a 1.000 metros.

A vegetação que está no entorno da serra de Pedra é composta de árvores e arbustos espaçados, além de trechos de cultura de subsistência. Completam seu quadro vegetal, já em sua porção superior, bromélias, cactáceas e pequeno trecho de caatinga arbustiva.

O cruzeiro é símbolo da fé cristã. Ao lado da capela de São Francisco de Assis, numa propriedade particular pertencente a família Colatino, está uma rota religiosa que todos os anos há procissões e vias-sacras promovidas pela comunidade local.

O tipo mais comum de rocha sedimentar é a do processo descrito acima, que receberá o nome de clástica ou mecânica. Há outro tipo sedimentar cuja matéria que o forma é predominantemente orgânica, com destaque para litificação de restos orgânicos, como os do carvão.


De qualquer forma, andar pelos interiores vamos descobrindo histórias, causos, pontos turísticos e ricas vegetações que são o resultado de preservação ambiental. Conhecer o Mirante da Serra de Pedra, a capela de São Francisco e a formação rochosa existente na zona rural de Brejão, torna-se num passeio muito salutar. O acesso a capela de São Francisco é pela PE-218. Ao lado de uma churrascaria desativada está uma estrada de terra por onde se tem acesso até uma cancela que serve de entrada para o ponto principal utilizado nas vias sacras.

Mais sobre:

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas,formado em radiojornalismo, é poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE) e escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o Projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM, criador do Projeto Música na Escola e ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura.

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

SEDUÇÃO CAMISARIA

MOURA CONTABILIDADE

LISTA TELEFÔNICA DO POETA

MALHARIA COLATINO

BIO FITNESS ACADEMIA

ANUNCIE AGORA MESMO

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM

Últimas