Conheça o Lajedo Bonito em Tavares na Paraíba

Por Cláudio André, publicado em 25 de junho de 2019

O solo paraibano de canto a canto tem riquezas minerais que você quanto mais pesquisa, mais descobre o potencial geológico existente em toda área territorial. O Lajeiro Bonito localizado na zona rural de Tavares é o lugar que você para e apenas espera o tempo passar.

São muitos os hectares que são preenchidos por um único lajeiro situado na divisa dos municípios de Tavares e Princesa, interior paraibano. As rochas graníticas são resultados de um acidente geológico.

Em todo o lajeiro de pedra granítica há perfurações promovidas pela ação do vento, da água e das altas temperaturas há milhões de anos. Os famosos caldeirões ou cavidades rochosas servem de reservatório natural de água.

Seja o entardecer ou amanhecer a beleza natural estar por todos os lados do Lajeiro Bonito, comunidade rural onde vivem pelo menos 150 famílias as margens da rodovia estadual PB-306 na divisa com o sertão do Pajeú do estado de Pernambuco.

Uma propriedade particular pertencente ao senhor Severiano Cordeiro, tem sua riqueza natural na vegetação para o uso do gado de corte, como também um grande potencial turístico e ecológico.

O sítio Lajeiro Bonito no seu próprio nome revela todo o seu potencial turístico rural. A mistura de vegetação de caatinga com a beleza do afloramento rochoso existente às margens de uma das rodovias importantes do estado paraibano, é ponto de parada para os trilheiros que passarem por lá.

O ciclo das rochas é o processo de transformação e renovação dos diferentes tipos de rocha e evidencia o carácter dinâmico da Terra. O lajeiro Bonito no município de Tavares/PB, faz parte dessa transformação geológica.

As geoformas das rochas graníticas estão em todo o trecho do lajeiro Bonito. No decorrer do tempo geológico, as rochas passam por diversas modificações e se transformam. Nessa região paraibana os acidentes geológicos deixaram suas marcas.

Define o conjunto de processos pelos quais uma determinada rocha é transformada, através de reações que se processam no estado sólido, em outra rocha, com características distintas daquelas que ela apresentava antes de sua atuação. Estas modificações implicam mudanças na estrutura, textura, composição minearológica ou mesmo composição química da rocha, que ocorrem geralmente de maneira combinada”.

Em toda a área que compreendem o lajeiro Bonito, há vários caldeirões, que no período chuvoso, as cavidades nas rochas se transformam em pequenos e médios lagos com profundezas variadas. Com o calor provocado pelo sol forte, as rochas aquecem e logo o caldeirão seca devido o processo de evaporação.

O processo de transformação das rochas que ocorre apenas no estado sólido, isto é, sem se transformar em magma, é o metamorfismo, que dá origem às rochas metamórficas.

Vejam que na borda desse caldeirão há uma marca esbranquiçada que marca o limite exato até onde a água estava acumulada, mas com o processo de evaporação, sobra apenas a marca. Há casos de salinização da água, eis o motivo de ficar esse tipo de borra na rocha em forma da círculo.

Para a formação das rochas ígneas ou magmáticas, são necessários, primeiramente, o aquecimento e o derretimento das rochas preexistentes em magma que, só depois, poderão resfriar-se e solidificar-se. Durante esse processo de aquecimento, as rochas sedimentares mudam suas composições de textura, químicas e minerais, caracterizando o processo de metamorfismo e consequente formação de rochas metamórficas. É somente após a continuação desse processo que o ciclo será continuado.

Nas rochas graníticas é mais fácil ter acúmulo de água nos caldeirões naturais, plena ação do intemperismo. Nessa região da Paraíba o acumulado de chuva no ano é muito baixo, prejudicando as lavouras.

 

Com meu amigo blogueiro Cosmo Queiroz, estive conhecendo a beleza natural do Lajeiro Bonito, na zona rural do município de Tavares.

A Comunidade do sitio Lajedo Bonito, na zona rural do município de Tavares, no Sertão da Paraíba, tem como padroeiro São Sebastião. No período de festas o lajeiro é muito visitado. Em termos de relevo a cidade localiza-se no Maciço de Teixeira, denominado como zona fisiográfica do Sertão Alto, uma área cristalina elevada de constituição granítica e gnáissica, no centro-sul do município e de constituição filítica e xística, na porção Norte e Noroeste. O município conta com uma altitude de 724 metros

Tavares é um município no estado da Paraíba, localizado na Região Geográfica Imediata de Princesa Isabel. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2010 sua população era estimada em 14.103 habitantes.

SAIBA MAIS NA PRÓXIMA POSTAGEM

APOIO CULTURAL

Mais sobre:

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas,formado em radiojornalismo, é poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE) e escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o Projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM, criador do Projeto Música na Escola e ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura.

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

SEDUÇÃO CAMISARIA

MOURA CONTABILIDADE

LISTA TELEFÔNICA DO POETA

MALHARIA COLATINO

BIO FITNESS ACADEMIA

ANUNCIE AGORA MESMO

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM

Últimas