ÁRVORE DO AMOR – LUGAR PARA QUEM BUSCA UM AMOR NOVO E RENOVAR A PAIXÃO

Por Cláudio André, publicado em 22 de janeiro de 2019

Nas minhas andanças e pesquisas descobri que no estado do Rio Grande do Norte, mais precisamente no município de Maxaranguape, no litoral norte do estado, foi localizada a ÁRVORE DO AMOR. O interessante é que o duas gameleiras (árvore típica da região), através de suas raízes se entrelaçaram formando naturalmente um coração.
Diz a lenda do lugar que a Árvore do Amor serviu de moradia para um casal de índios que não tinham onde morar e eles eram muito unidos e na época as árvores ainda não se completavam, ou seja, eram duas árvores separadas, porém, vizinhas. Passado um tempo, o casal morreu e daí foi quando os troncos das árvores se encontraram…
O farol do Cabo de São Roque, construído em 1898 a uma altura de 32 metros, é uma grande atração pela vista panorâmica que oferece. O Cabo de São Roque é o ponto da América do Sul mais próximo da África. Alguns escritos designam o cabo como o lugar provável da primeira ancoragem da frota portuguesa de ‘Pedro Álvares Cabral’. 

No prologamento do cabo, é possível de aproveitar uma das mais belas vistas da região e da linda praia “das Gameleiras”, chamada “Ponta Gorda”, protegida das ondas e dos ventos fortes.

O litoral do Rio Grande do Norte há muitas praias próximas umas das outras, umas mais exploradas, outras menos conhecidas. Basta ter disposição e um realzinho no bolso e botar o pé na estrada.

Nos galhos, nas raízes, no tronco  e nas folhagens, há muita fitinhas de promessas realizadas pelas mulheres solteiras que vão conhecer a Árvore do Amor. Muito amor no litoral norte do Rio Grande do Norte! Na praia de Barra de Maxaranguape você encontra a Árvore do Amor. 
A partir que vai entardecendo, a sombra da Árvore do Amor vai se tornando um espetáculo à parte. Com lenda ou sem lenda, a natureza tem seus caprichos e seus encantos naturais.
As gameleiras são árvores típicas e adaptáveis ao clima do litoral. Indiscutivelmente, suas ramificação é muito profunda no solo.
As raízes de duas lindas gameleiras se entrelaçaram e suas copas se uniram em formato de coração. O local possui um clima super romântico. Ah, dizem que se você segurar na mão do seu amor embaixo da árvore o seu relacionamento vai durar para sempre. Será? Já essa palmeira fica em frente ao farol de São Roque, onde em linda reta está o espaço mais curto para se chegar no Senegal, na África do Sul, assim, gatante os pesquisadores.

O pôr do sol seja no Rio Grande do Norte ou aqui em Bom Conselho, como essa imagem que fiz na tarde de ontem no Campo da Viação, é um verdadeiro retoque da natureza.

Maxaranguape é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Norte localizado na microrregião do Litoral Nordeste. De acordo com o censo realizado pelo IBGE no ano 2010, sua população é de 10.442 habitantes. Área territorial de 131 km².

A 55 quilômetros de Natal, no Rio Grande do Norte, o município Maxaranguape, tem a famosa praia de Maracajaú, excelente para Mergulho, cercada por dunas, coqueirais e lagoas, a pequena vila de pescadores conta com aproximadamente 2 mil habitantes. 

No Cabo de São Roque, duas árvores do tipo “Gameleira” são unidas pela impressionante força do vento para formar quase uma só. Por isso, tomou o nome popular de árvore do amor. Dizem os nativos que o casal que se beijar embaixo do arco formado pelos troncos das árvores jamais se separará. Uma barraca instalada próxima à árvore oferece bebidas e venda de produtos locais.
A grande atração desta praia é o banco de corais de águas cristalinas e rica em peixes coralinos, local apropriado para a prática do mergulho. Esse banco de corais que fica a 7 quilômetros da praia é chamado pelos locais de Parrachos. Mergulhar nos bancos de corais de Maracajaú é contemplar um dos mais belos cenários marinhos. Os arrecifes de corais de Maracajaú, ou Parrachos, são o lugar ideal para iniciantes praticarem Snorkeling. 

PATROCÍNIO

Resultado de imagem para clinica sorrir mais

O Poeta tem muito mais conteúdo em nosso canal no YouTube!

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas, formado em radiojornalismo, poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE), escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM e Rádio Web News Olho d'Água, criador do Projeto Música na Escola, ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura. Membro efetivo da FACUPIRA (Fundação Cultural de Palmeira dos Índios/AL), Ex-membro do Conselho Municipal de Saúde de Bom Conselho/PE. Colunista dos sites Tribuna do Sertão (P.dos Índios) e Tribuna do Agreste (Arapiraca) e 7 Segundos (Maceió). Ex-assessor de comunicação da Câmara de Vereadores de Bom Conselho/PE.