CACHOEIRA DO COEMA: A CORRENTEZA COMEÇA MUITO ANTES DA QUEDA DE 80 METROS DE ALTURA

Por Cláudio André, publicado em 6 de maio de 2018

O Riacho do Coema passa por algumas comunidades da zona rural de Saloá e quando chega no ponto principal, fortalece a queda d’água e provocando uma linda cachoeira.
Apreciar uma beleza natural como essa não é para qualquer um. As rochas tem grande variação em cores e cada uma com sua geoforma.
A vida é feita de grandes momentos, aproveite-os. Tenho descoberto na natureza uma maneira saudável de se viver, por isso foi criado o Projeto Poeta Viagens e Aventura.
Humano e natureza podem viver em sintonia, basta apenas consciência humana. Nesse riacho passa toda a água que desce da região serrana do Sítio Coema.
Talvez você pense que seja imagem repetida, mas, não. Cada click tem um diferencial, um ângulo diferente do ambiente que fizemos questão de conhecer.
Nessa região há várias nascentes, mas, não existe no município de Saloá, um projeto de proteção ou valorização do meio ambiente.
Pela correnteza e pela mata ciliar ao redor, a região do município de Saloá, que já pertenceu a Bom Conselho, tem um rico lençol freático. O que falta são projetos que favoreçam o ecoturismo e vontade política.
O riacho que mostramos na foto, precisa de mais proteção por parte de ação da mão humana. Fazer um projeto de arborização seria o ponta pé para alavancar o ecoturismo na região. 
A conservação de do meio ambiente ajuda na qualidade do clima, favorece a uma melhor qualidade de vida, mas, para isso, necessita-se de pessoas que saibam da importância do meio em que se vive.
Há lugares que a água fica parada devido a falta de espaço para escorrer, pois o desassoreamento é legítimo e visível nessa região. O desmatamento também influenciado no clima o tempo todo.
O contato com a natureza é uma terapia ao ar livre. Estive conhecendo de perto toda a região do Sítio Coema. Chegar até lá não é caro e tão dificultoso. Os obstáculos não são maiores que a beleza natural que você se depara.
Mata fechada, correnteza suave, vegetação de caatinga por todos os lados, fazem o trilheiro ainda mais querer andar por lugar assim. Um verdadeiro cartão postal.
Debaixo das pedras por onde desce a correnteza, cria-se uma temperatura agradável, onde não passa dos 25 graus.
Pequenas cavernas são encontradas no trecho do riacho do Sítio Coema. Mistura-se vegetação, pedras e uma correnteza suave.
As fotos que estão nesse blog foram registradas pelo blogueiro Cláudio André in loco. Temos essa paixão pela arte de fotografar. Estar no ambiente, sentir o clima, faz é muito mais cativante do que imagens aéreas.
Se você deseja reunir uma turma de amigos e fazer um piquenique em família, esse é o lugar ideal. As árvores provocam uma sombra maravilhosa e uma ventilação natural.
A natureza é soberana e fala por si. Para passear por um lugar assim, vá de roupa leve, tênis com solado antiderrapante, leve bastante água e disposição. O resto você vai encontrar naturalmente.
Antes de ver o espetáculo da Cachoeira do Coema, a correnteza antes de chegar no paredão de 80 metros de altura transmite muita energia positiva através do som da água.
Não tem como se encantar por um lugar assim… A gente se revigora nesse contato com a natureza. Depois de andar por quase uma hora numa trilha de mata fechada, precisei da uma pausa nesse ambiente sensacional.
A caatinga é único bioma do mundo que existe no Brasil. Conhecer a caatinga de perto é uma grande terapia. Conhecer sua vegetação e meios de vidas existentes num espaço assim é gratificante.

O Poeta tem muito mais conteúdo em nosso canal no YouTube!

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas, formado em radiojornalismo, poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE), escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM e Rádio Web News Olho d'Água, criador do Projeto Música na Escola, ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura. Membro efetivo da FACUPIRA (Fundação Cultural de Palmeira dos Índios/AL), Ex-membro do Conselho Municipal de Saúde de Bom Conselho/PE. Colunista dos sites Tribuna do Sertão (P.dos Índios) e Tribuna do Agreste (Arapiraca) e 7 Segundos (Maceió). Ex-assessor de comunicação da Câmara de Vereadores de Bom Conselho/PE.