VISITAÇÃO AO SERROTE DO VENTO NA SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO TORNOU-SE NUMA ROMARIA

Por Cláudio André, publicado em 31 de março de 2018

O Serrote do Vento está com uma vegetação diferenciada da primeira vez que fui visitar, graças ao período chuvoso, as árvores que estão no seu entorno mudaram toda a folhagem. Se antes estavam secas, cinzentas, agora, o verde tomou de conta por todos os lados.
Para quem foi subir o Serrote do Vento nessa Sexta-feira da Paixão, viu uma grande romaria de pessoas, subindo e descendo a todo instante. Jovens, adultos e crianças, desafiaram os obstáculos e chegaram ao cume do serrote.
A pequena trilha no meio do mato tornou-se quase intransitável, diante da grande quantidade de pessoas subindo a serra. O período da tarde foi o mais empolgante para todos aqueles que se refugiaram no pé do Serrote do Vento.
Uma verdadeira romaria de pessoas subindo e descendo o Serrote do Vento. A maioria jovens esteve fazendo essa trilha da fé. Uns, foram pagar promessas, outros, por curtição e prazer.
Um
Pela quantidade de moto estacionadas em frente a entrada para o Serrote do Vento, da para perceber que o local é bastante conhecido e visitado, falta apenas infraestrutura para receber tanta gente.
A principal estrada que da acesso ao Sítio Serrote do Vento e sítios adjacentes, serviu de estacionamento para motos e carros. O movimento começou as 5 horas da manhã e se estendeu até o início da noite dessa sexta-feira, 30/03, quando se vivencia a morte de Cristo, segundo a história.
Motos, carros, gente de todos os cantos, se aglomeraram na estrada do Sítio Serrote do Vento. Mais parecia uma festa. Percebemos uma outra situação, várias pessoas bêbadas, cheias de vinho subindo e descendo a trilha que em certo ponto é bastante perigosa para se chegar ao cume do serrote.
Nesse local tem uma bifurcação. Para o lado direito segue com destino ao Distrito de Logradouro dos Leões, zona rural de Bom Conselho-PE. Para o lado esquerdo da tela de seu computador, segue para o Sítio Serrote do Vento e para a cidade de Minador do Negrão-AL.
Depois de suar bastante, chegou aquele momento de descansar em cima do Serrote do Vento. Ar puro, ventilação forte e constante, temperatura que varia de 16 a 20 graus quando está no cume. Por incrível que pareça, nesse local, onde fiquei sentado, da área de todas as operadoras telefônicas. Também pudera, o cume fica a 500 metros de altitude à nível do mar.

O Poeta tem muito mais conteúdo em nosso canal no YouTube!

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas, formado em radiojornalismo, poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE), escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM e Rádio Web News Olho d'Água, criador do Projeto Música na Escola, ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura. Membro efetivo da FACUPIRA (Fundação Cultural de Palmeira dos Índios/AL), Ex-membro do Conselho Municipal de Saúde de Bom Conselho/PE. Colunista dos sites Tribuna do Sertão (P.dos Índios) e Tribuna do Agreste (Arapiraca) e 7 Segundos (Maceió). Ex-assessor de comunicação da Câmara de Vereadores de Bom Conselho/PE.