A RELIGIOSIDADE MARCOU O INÍCIO DA HISTÓRIA DE FUNDAÇÃO DA CIDADE DE SANTA BRÍGIDA-BAHIA

Por Cláudio André, publicado em 26 de fevereiro de 2018

Publicidade

Igreja de São Jorge, centro de Santa Brígida – Bahia
Umas das belas construções do século XIX
Na Serra do Galeão tem a Praça Padre Cícero, ponto cultural religioso que serve para romarias e realização de via-sacra no período da Semana Santa. Romeiros de Padre Cícero, pagadores de promessas de várias outra religiões e seitas, vão pagar suas promessas em cima das pedras que tem várias geoformas, inclusive, colocando cruzes e cruzeiros em cima das pedras mais altas da serra.
A religião em Santa Brígida é bastante voltada para suas raízes locais e possui um grande sincretismo religioso. A maior parte da população se caracteriza como Católica, porém as pessoas mais antigas costumam seguir doutrinas contrárias ao Catolicismo e que são condenadas pela Igreja, muitos creem em espiritismo, mediunismo, macumbaria, reencarnação, feitiços e em crenças oriundas das religiosas africanas e indígenas, o problema é que parte dessas mesmas pessoas intitulam-se de fé Católica Apostólica Romana e isso ocorreu por conta do sincretismo religioso, e essas crenças são contrárias a verdadeira fé defendida pela Igreja Católica. 
Santa Brígida era uma região famosa pela passagem de Lampião, por ser a terra natural da sua companheira Maria Bonita.
Monumento do Beato Pedro Batista, 
fundador de Santa Brígida
O progresso de Santa Brígida também se reflete na história administrativa. O povoado é elevado a sede de distrito, devido a um pedido do Beato Pedro Batista, tendo sido aberto um juizado de paz e um registro civil. Na época, foi seu maior sonho, assim como o de seus romeiros maior graduado, emancipar Santa Brígida de Jeremoabo, tornando-o município independente. Isso aconteceu em 27 de julho de 1962, a emancipação política do município, tornando Santa Brígida um município politicamente independente.

Mais sobre:

O Poeta tem muito mais conteúdo em nosso canal no YouTube!

Cláudio André

Cláudio André Santos, natural da cidade de Olho d'Água das Flores, sertão de Alagoas,formado em radiojornalismo, é poeta, blogueiro, radialista profissional (Reg.3059 - DRT-PE) e escritor. Tem doze livros de poesias e crônicas publicados. Premiado Pelo Ministério da Cultura em 2009 com o Projeto Cultural Minha Imaginação é um Poema. Estudou além Radiojornalismo, Francês e Filosofia. Membro efetivo da Associação Alagoana de Imprensa (Reg.678). Fundador da Rádio Olho d'Água FM, criador do Projeto Música na Escola e ex-seminarista. Show-man. Foi um dos fundadores e diretor-executivo da Associação de Blogueiros de Pernambuco (ABlogpe). Fundador do Sistema Online Poeta de Comunicação (Blog, Site, Studio, Lista telefônica, Rádio Web e TV Web). Trabalhou em mais de uma dezena de emissoras de rádio nos estados de AL, PE, SP. Tecnólogo em oratória, em técnicas de vendas e administração empresarial pelo SENAC. Tem várias premiações como repórter e blogueiro. Destaque na área do fotojornalismo. Criador do projeto ecológico/educativo Poeta Viagens e Aventura.

REDE BRASILEIRA DE BLOGUEIROS DE VIAGEM

CONHEÇA AS SERRAS DE BOM CONSELHO

MOURA CONTABILIDADE

LISTA TELEFÔNICA DO POETA

ANUNCIE AGORA MESMO

VEM AÍ RÁDIO ATITUDE FM

PUBLICIDADE